Anticoncepcional pode causar câncer de mama?

Estudo ligou a pílula e o DIU hormonal à doença. Mas pedimos para um médico explicar esta relação. Saiba se o anticoncepcional pode causar câncer de mama


Fonte: istoe.com.br





Se você quer evitar uma gravidez não desejada, usar um controle da natalidade é geralmente a melhor opção. Mas este mesmo anticoncepcional pode causar câncer de mama?

De acordo com uma pesquisa publicada no The New England Journal of Medicine, as mulheres que tomam pílulas hormonais ou que usam DIU há anos experimentam um aumento pequeno, porém significativo, do risco de câncer de mama em comparação com as que não tomam.


O estudo acompanhou 1,8 milhão de mulheres dinamarquesas por mais de 10 anos. Nele, foi descoberto que, para cada 100 mil mulheres, o controle de natalidade hormonal causava 13 casos extras de câncer de mama por ano. Especificamente, havia 55 casos de câncer de mama a cada ano entre as 100 mil mulheres que não usavam controle de natalidade hormonal e 68 casos de câncer de mama entre as que usavam.

O estudo não encontrou grandes distinções entre o método hormonal usado pelas mulheres – aquelas que usavam contraceptivos orais combinados (que usam estrogênio e progestina) e aquelas que usavam métodos apenas de progestina tinham um risco maior. O mesmo se aplica às mulheres que usam DIU hormonal ou tomaram uma pílula. O risco de uma mulher aumentou quanto mais tempo ela usou o controle de natalidade hormonal, segundo o estudo. Portanto, obviamente, os hormônios são os responsáveis pelo aumento do risco, mas os mecanismos exatos ainda não são conhecidos.


Mas antes de entrar em pânico, saiba que a informação de que o anticoncepcional pode causar câncer de mama não é uma novidade. Pesquisas anteriores descobriram uma ligação entre o uso de contraceptivos hormonais e o câncer de mama, ressalta Jack Jacoub, oncologista e diretor médico do MemorialCare Cancer Institute no Orange Coast Medical Center, na Califórnia (EUA). Por exemplo, um estudo de 2010 constatou que as pílulas anticoncepcionais tinham um “risco mais alto” de causar câncer de mama.


No entanto, versões mais antigas do controle de natalidade hormonal tinham mais estrogênio do que as versões atuais, e muitos profissionais médicos assumiram que o risco foi reduzido com as versões mais recentes. Ainda assim, “sabemos disso há muito tempo”, diz Jacoub.


Jacoub diz que as mulheres “definitivamente não devem se assustar com isso”, mas observa que é bom estar ciente dos riscos. Como o controle da natalidade hormonal por um longo período de tempo aumenta o risco, ele diz que é uma boa ideia tentar reduzir por quanto tempo você o usa ou, pelo menos, tentar trocar alguns métodos não hormonais depois de pratico um método hormonal há anos.


Se você tem um forte histórico familiar de câncer de mama, Jacoub diz que é importante conversar com seu médico sobre a possibilidade de mudar para um método não-hormonal de controle de natalidade. Por exemplo, você pode mudar de um DIU hormonal para a versão em cobre. (E é sempre uma boa ideia manter os preservativos à mão.)


Em última análise, porém, você não deve se estressar com isso. Basta estar ciente e informado sobre os prós e contras de qualquer método de controle de natalidade usado. O desenvolvimento do câncer de mama depende de uma série de fatores, diz Jacoub.




Fonte: istoe.com.br

PROBLEMAS NO RELACIONAMENTO?

PROCURE SEMPRE UM ESPECIALISTA DA SAÚDE E BEM-ESTAR DO CASAL


Confira nosso Podcast:



2 visualizações