A propaganda pública sobre pornô para proteger crianças na Nova Zelândia


Fonte: bbc.com





Um homem e uma mulher, no papel de atores pornô, vão até a casa de uma criança para alertar a família de que ela está assistindo a esse tipo de conteúdo. É assim o vídeo do governo da Nova Zelândia que procura alertar a população sobre a necessidade de conversar com os jovens sobre o tema.


A campanha viralizou.

Pela internet, é comum que crianças se deparem com conteúdos pornográficos. Isso pode acontecer inclusive por acidente, já que muitos sites são gratuitos e não exigem uma verificação de idade, ou mesmo por curiosidade.


O responsáveis pela propaganda apontam que é comum que crianças mais novas vejam esses conteúdos por acidente, e que adolescentes procurem ativamente por eles.

“É normal que jovens estejam curiosos sobre sexo. A melhor forma de dar apoio a eles é estar aberto para conversas honestas sobre o que eles podem estar vendo e falar sobre como a pornografia é diferente dos relacionamentos na vida real”, apontam os responsáveis pela campanha.


O site da campanha Keep it real online (disponível em inglês) aponta que pode ser desafiador conversar sobre esse tema com as crianças. Sugere que os pais escolham um momento adequado, escutem tudo que a criança tem a dizer, expliquem que a pornografia não reflete o que acontece ou deve acontecer na vida real e que falem sobre a necessidade de consentimento e respeito nas relações.


Fonte: bbc.com

PROBLEMAS NO RELACIONAMENTO?

PROCURE SEMPRE UM ESPECIALISTA DA SAÚDE E BEM-ESTAR DO CASAL


Confira nosso Podcast:



14 visualizações