3 regras de ouro para que o uso da tecnologia não afete seu casamento

Fonte: gazetadopovo.com.br


"

Dizer sim ao pedido de casamento vai além de morar sob o mesmo teto, dividir as contas e as tarefas domésticas. Com o matrimônio, o relacionamento muda de fase e passa a exigir comprometimento em tempo integral. Isso significa se envolver na história que está sendo construída com o cônjuge, vivenciando todos os detalhes da vida matrimonial. É o que explica Poliana Luisa Soares de Camargos, psicóloga, assessora e consultora psicológica de matrimônios.


"É deixar a singularidade para vivenciar a pluralidade da vida a dois, comprometendo-nos e integrando-nos um ao outro para planejarmos e construirmos juntos o que almejamos para o futuro", esclarece a especialista. Neste sentido, quando o casal está comprometido com o casamento, acontece uma doação mútua.


Doar-se um ao outro é projetar o que é considerado importante para o relacionamento sem anular as vontades individuais. Ser verdadeiro consigo sobre seus desejos e expectativas é essencial para se doar verdadeiramente àquela pessoas com a qual você escolheu compartilhar todos os dias de sua vida.


Poliana destaca que na visão sistêmica a compreensão do real significado de se doar possibilita entender o verdadeiro sentido do matrimônio. As descobertas desta fase, as trocas e interações que acontecem permitem vivenciar momentos de reciprocidade enquanto casal e família. O diálogo é a base das construções que são feitas diariamente no relacionamento.


E é nesta estrutura que se doar faz a diferença, pois a falta desta atitude revela a ausência de intimidade. Este ponto, entretanto, não se refere ao sexo em si, mas ao conhecimento um do outro, a liberdade de cada um expressar sua opinião e de se comportar sem receios do que a outra pessoa vai pensar. Sem contar que o amor deve ser o elemento fundamental. "Aqui me refiro ao amor de homem e mulher, de amigos, de pai, de mãe, enfim, de todo o tipo de amar", explica. "O trabalho desenvolvido com casais mostrou-me ao longo do tempo que o casamento deve sempre se respaldar pelo respeito, diálogo, compreensão, tolerância e paciência, sendo necessário um exercício diário destas virtudes para fortalecer a sagrada instituição do casamento”, ressalta


A especialista dá algumas dicas para o casal desenvolver a questão da doação mútua em conjunto e também individualmente:


Ter mais momentos de qualidade para o casal.


Conversar sobre os mais diversos assuntos, como sentimentos, projetos individuais e para o relacionamento.


Se amar e se valorizar faz parte da preparação para vivenciar o amor e uma vida plena e feliz no casamento.


Ter equilíbrio e também se permitir vivenciar momentos individuais.




Fonte: gazetadopovo.com.br

PROCURE SEMPRE UM ESPECIALISTA DA SAÚDE E BEM-ESTAR DO CASAL

27 visualizações